icone-blog
Este blog é dedicado aos amantes da língua portuguesa, àqueles que querem sempre aprender mais e aos que querem conhecer melhor nossa empresa. A valorização da língua portuguesa é nosso maior objetivo e nossa maior alegria! Esperamos que façam bom proveito das informações aqui postadas!

O esquecido pronome "cujo"

  01 Dezembro 2011

PASQUALE CIPRO NETO 

Cujo, o famigerado
Além de famigerado (com o sentido usual), o relativo 'cujo' é quase um moribundo, errático, sem sepulcro à vista
Um dos memoráveis contos de "Primeiras Estórias", obra-prima de Guimarães Rosa, é "Famigerado". Um bandidaço ("Damázio, dos Siqueiras") chega a um lugarejo e pede ao médico do local que lhe explique o significado de "famigerado" ("Eu vim perguntar a vosmecê uma opinião sua explicada").
Não vou estragar o prazer de quem ainda não leu o conto. Se é esse o seu caso, caro leitor, é só entrar num dos sites de busca e digitar "famigerado". Permita-me outra sugestão: assista ao belíssimo filme "Outras Histórias", que Pedro Bial dirigiu em 1999. O filme (que está -inteirinho- no YouTube) se baseia na obra quase homônima de Rosa. Um dos contos aproveitados por Bial é justamente "Famigerado". Poucas vezes vi fotografia tão impressionante como a desse filme. A essa beleza se acrescenta o magnífico trabalho dos atores e do diretor.
Pois bem. Ao pé da letra, "famigerado" significa "famoso", "célebre" etc., mas, no uso comum, esse adjetivo significa "tristemente afamado", "que tem má fama".


Diria eu que, "mutatis mutandis", é esse o caso do pronome "cujo", que, além de famigerado (com o sentido usual), é quase um moribundo, errático, sem sepulcro à vista.
Na verdade, se fizermos uma pesquisa rápida, veremos que, na língua oral, o "cujo" é quase um abantesma. Na língua do dia a dia, apresenta incidência zero (na fala formal ocorre com certa frequência). Na escrita formal, a coisa muda de figura, já que sua presença não é incomum.
Alguns falsos defensores dos fracos e oprimidos defendem a tese do não ensino desse pronome nas aulas de português ("É brontossauro linguístico", dizem esses gênios), mas a vida real mostra que esse bicho-grilismo não leva a lugar algum.
A vida real a que me refiro pode começar, por exemplo, pelas provas de português de vestibulares de muitas das universidades cujas (epa!) faculdades de letras abrigam defensores da bizarra tese do não ensino de "brontossauros linguísticos". Nesses vestibulares, o candidato precisa saber (sim!) o que é "cujo", como se emprega etc. Essa cobrança é feita direta e indiretamente, ou seja, por meio de questões específicas ou pela leitura de textos em que se registra o emprego desse relativo.
O resultado do não uso ou da fuga desse famigerado nem sempre gera soluções interessantes. Vejamos este título, publicado recentemente por um site: "Veja carros importados que novo IPI fez baixar vendas". A frase poderia perfeitamente entrar numa questão da Fuvest ou da Unicamp, por exemplo, com um enunciado parecido com este: "Na frase em questão, notam-se elementos típicos da linguagem oral. Reescreva-a, adaptando-a ao padrão escrito formal culto". Uma viagenzinha por provas passadas da Fuvest e da Unicamp basta para que se comprove o que afirmei.
Pois bem. Que marcas da linguagem oral há na frase em questão? Essencialmente, o emprego do "que" como relativo universal, o que dá aos termos do enunciado uma ordem diferente da que haveria caso o relativo "cujo" fosse empregado. O caro leitor já sabe qual é a solução?
Vamos lá: o que o novo IPI fez baixar? As vendas de alguns importados, certo? Pois é aí que entra o pronome relativo "cujo", para estabelecer a relação entre os substantivos "importados" e "vendas" (vendas dos importados/vendas deles/cujas vendas): "Veja importados cujas vendas o novo IPI fez cair". O artigo definido "o" antes de "novo IPI" é por minha conta, já que no texto original ele tinha sido (indevidamente) fulminado, como sempre. É isso.
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

..............................

Texto publicado no jornal Folha de São Paulo de 01 de dezembro de 2011, caderno Cotidiano

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

16 comentários

  • Link do comentário hay day cheats hay day cheats 14 Maio 2014

    55mm headset jack located in the bottom that gets rid of headset wires
    from covering the display. You can have various kinds of
    apps developed, right from social networking apps to the ones that will help reduce
    your workload. This all may sound kind of boring, but honestly this is a really cool idea that's attempting to connect people all over the world to things they're interested in.

  • Link do comentário kitchen scrambler cheats kitchen scrambler cheats 13 Maio 2014

    When I initially commented I clicked the "Notify me when new comments are added" checkbox and
    now each time a comment is added I get three emails with
    the same comment. Is there any way you can
    remove people from that service? Thanks a lot!

  • Link do comentário สมัครเล่นบอลออนไลน์ สมัครเล่นบอลออนไลน์ 13 Maio 2014

    I do not know iif it's juust me or if erhaps everybody else encointering issues with your website.
    It seems like some of the written text oon your posts are running off the screen.

    Can somebody else pledase comment and let me know if this is happening to them as well?
    Thiis could be a problem with my internet browser because I've had this
    happen before. Cheers

  • Link do comentário adonis golden ratio review adonis golden ratio review 12 Maio 2014

    618 and is used as a measurement of a mans shoulders to his waist, in relation to his
    height. Make sure the house is not overwhelmed by landscaping.
    Lay a piece of newspaper on the floor, crumple it up into a ball
    for thirty seconds, and then repeat with the
    other hand.

  • Link do comentário adonis golden ratio review adonis golden ratio review 12 Maio 2014

    618 and is used as a measurement of a mans shoulders to his waist, in relation to his
    height. Make sure the house is not overwhelmed by landscaping.
    Lay a piece of newspaper on the floor, crumple it up into a ball
    for thirty seconds, and then repeat with the
    other hand.

  • Link do comentário m88 m88 11 Maio 2014

    Pretty part of content. I simply stumbled upon your weblog and
    in accession capital to assert that I get in fact loved account your weblog
    posts. Any way I will be subscribing on your feeds and even I fulfillment you
    access consistently quickly.

  • Link do comentário เล่นบอลออนไลน์ เล่นบอลออนไลน์ 11 Maio 2014

    For hottest information you have to pay a visit world-wide-web and on the
    web I found this skte as a finest web site for most rwcent updates.

  • Link do comentário แทงบาสออนไลน์ แทงบาสออนไลน์ 11 Maio 2014

    Yoou really make it appear really easy with your presentation but I find thgis topic
    to be actuyally one thing that I believe I would never understand.

    It sort of feels too complrx annd very huge for me.
    I am having a look forward on your next post, I'll attempt to get the cling oof
    it!

  • Link do comentário m88 m88 11 Maio 2014

    Hey! Quick question that's completely off topic.
    Do you know how to make your site mobile friendly? My web site
    looks weird when browsing from my iphone 4. I'm trying to find a
    theme or plugin that might be able to correct this issue.
    If you have any recommendations, please share. Thanks!

  • Link do comentário คาสิโนออนไลน์ ทดลองเล่น คาสิโนออนไลน์ ทดลองเล่น 08 Maio 2014

    This is a topic that is near to my heart... Best wishes! Exactly wherre arre your contact
    details though?

Saiba mais

icone-blogBlog
Dicas, artigos e informações que possam melhorar as ferramentas de comunicação!

icone-agendaAgenda
Fique por dentro do que vai rolar: eventos, cursos e muito mais.

Fale conosco

Entre em contato conosco:
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: São Paulo/SP (11) 3673.1570 

Para mais informações ou para enviar uma mensagem, clique aqui.